Ser dono de um cachorro pode lhe tornar uma pessoa mais saudável. De acordo com um novo estudo, publicado no periódico científico Journal of Epidemiology and Community Health, pessoas que passeiam com cachorros são menos sedentárias – o que leva a crer que cuidar do animal de estimação as torna mais ativas.

Pesquisadores da Universidade de East Anglia e da Universidade de Cambridge analisaram os hábitos cotidianos de 3.123 britânicos, entre 49 e 91 anos de idade, que fizeram parte de uma pesquisa. Cerca de 20% dos participantes tinham um cachorro em casa. Entre eles, cerca de 65% costumavam passear com o animal.

Mesmo em dias ruins

Os cientistas descobriram que aqueles que não tinham um cachorro eram mais sedentários durante o dia do que as que passeavam com os seus cães – cerca de 30 minutos mais. No geral, todos os participantes eram menos ativos nos dias mais frios e chuvosos, mas até mesmo nos dias ruins, os que costumavam passear com os animais eram mais ativos do que os outros – cerca de 12 minutos mais.

“Considerando as condições climáticas, ficamos realmente surpreendidos com a diferença entre aqueles que caminhavam com os cães e o resto dos participantes do estudo”, disse Yu-Tzu Wu, pesquisador da Universidade de Cambridge, ao jornal on-line britânico The Independent.

Cão faz bem para o Coração

Além disso pesquisadores da American Heart Association (AHA), reuniram informações e as conclusões parecem indicar que ter um animal em casa, principalmente um cachorro, provavelmente diminui os riscos de ter alguma doença cardíaca.

A evidência encontrada pela AHA corroboram toda a explicação quanto as atividades físicas desenvolvidas pelos donos de cães, tornando mais forte a teoria de que os donos de cães são mais propensos a fazer exercícios físicos, além de ter melhores níveis de colesterol, pressão arterial mais baixa, ser menos vulneráveis aos efeitos físicos do estresse e ter uma probabilidade maior de sobreviverem a um infarto.

No entanto os cientistas da AHA ainda confirmam da possibilidade de ser justamente o contrário, ou seja, as pessoas mais ativas fisicamente são as que possuem um cão. É uma hipótese plausível. E você ó que acha?

Segundo o site Meus Animais “Um outro estudo, realizado em 2001, acompanhou 48 pessoas com postos de trabalho de grande responsabilidade e alto estresse que concordaram em adotar um cão ou um gato se fosse solicitado. A metade o fez e, seis meses depois, os que adotaram um cão ou um gato tinham a pressão arterial significativamente mais baixa quando estavam estressados.”

Lembrando que o mero fato de ter um cão não serve de substituto para um plano de saúde, ou um plano de atividades físicas.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias